Coreto Digital e Cine Passeio: O cinema em meio a pandemia Sem categoria | 16.03.2021

Com a pandemia da Covid-19, diversos setores sofreram perdas e passaram por crises financeiras. O entretenimento, visto como um dos segmentos que não fazem parte das atividades essenciais, foi bastante prejudicado com as diretrizes relacionadas à pandemia. 

O mercado cinematográfico foi grandemente afetado diante do cenário em que o coronavírus colocou a todos. Estima-se que o setor perdeu cerca de 70% dos seus lucros durante o ano de 2020. Não só as grandes produtoras e as bilheterias, mas os estabelecimentos locais também sentiram na pele as dificuldades que a doença trouxe. Isso porque, em períodos de isolamento e distanciamento social, é inviável entrar em uma sala de cinema para assistir a um bom filme. Os locais são fechados, pouco arejados e, como citado acima, não fazem parte das atividades essenciais.

Muitos lançamentos foram adiados e diversas salas de cinema ainda permanecem vazias. No entanto, existem locais se reinventando de maneira criativa. Curitiba, mais uma vez, sai na frente quando se trata de inovação!

Em julho de 2020 o coreto do Passeio Público foi entornado por um monitor de LED, que transmite imagens e sons digitais. A antiga construção recebeu uma reforma completa e agora apresenta programações semanalmente com alta qualidade. O Coreto Digital (como foi nomeado) exibe conteúdos institucionais, intervenções de videodança, mostras de artes visuais e outros materiais no espaço recentemente lançado. A novidade é que, em parceria com o Cine Passeio, o espaço também disponibiliza sessões de filmes nos finais de semana. Com a curadoria do Conservatório de MPB de Curitiba e da Capela Santa Maria, também são exibidos concertos musicais.

Em fases de adaptação, a ideia do Coreto Digital caiu como uma luva. Aos cinéfilos e amantes de um passeio cultural, o espaço supre todas as expectativas e ainda respeita as normas governamentais durante a pandemia. Os bancos do público são afastados, o local é arejado (ao ar livre) e outros protocolos também estão sendo cumpridos. A curadoria dos filmes está sendo feita por especialistas da área e o Cine Passeio continua oferecendo algumas atividades especiais neste período, claro que, com todas as precauções necessárias. 

O Cine Passeio também se adequou a novas estratégias e criou sessões 100% virtuais. Com filmes clássicos e uma seleção incrível, o estabelecimento conseguiu satisfazer os cinéfilos de plantão e ainda de quebra conseguiu se manter ativo. Inclusive, os serviços que não se adequarem ao “novo normal”, podem ficar para trás. Com a crise causada pela pandemia, os serviços de streaming cresceram e aumentaram seus lucros significativamente. Cabe aos cinemas e as produções entrarem neste universo digitalizado.

Apesar de termos uma infinidade de opções digitais de entretenimento, nada substitui uma sala de cinema e a pipoca amanteigada de acompanhamento. As plataformas online de filmes e séries são as melhores amigas dos que têm se mantido em casa, mas ainda assim, o desejo unânime da população é que possamos ter liberdade novamente para frequentar locais como o cinema, mesmo que dentro de uma nova realidade.

Já pensou em morar próximo a um dos cinemas mais clássicos de Curitiba? Pois é, com a CGL você pode morar a poucos minutos do Cine Passeio e do Coreto Digital. 

O Singular Champagnat fica localizado em um bairro central e bem acessível. 

Confira o empreendimento no link: https://conteudo.cgl.com.br/singular-champagnat


Compartilhe:
[TheChamp-FB-Comments url="https://blog.cgl.com.br/coreto-digital-e-cine-passeio-o-cinema-em-meio-pandemia/"]